domingo, 2 de junho de 2013

Sonhos





Como quem procura conchas à beira do mar,

escolho as palavras para te dizer,

quando o silêncio dos teus braços

vestir o frio dos meus ombros.


Luísa Dacosta