quarta-feira, 30 de maio de 2012

Hino de Portugal 1143-2012





PORTUGAL
1143 ± 2012
Capítulo I - Aviso
Residência artística ON.OFF, Guimarães 2012 Capital Europeia Cultura, Maio 2012
Colaboração: ON.OFF, Ass. Saco Azul e Riot Films
Colaboração Especial: Espaço Círculo de Arte e Recreio, Guimarães

4 comentários:

Angela disse...

Ainda menina aprendi a cantar todo o hino português e sei-o de cor até hoje. Triste, achei muito boa esta crítica.
Hoje me parece ver Portugal seguindo a trilha que ensinou no passado à sua cria- O Brasil.

mfc disse...

Uma alegoria lúcida e atenta!

Salvador disse...

Talvez por ter ido à tropa e ter feito o juramento de bandeira e imediatamente a seguir ouvir e cantar o Hino de Portugal, não concebo nem admito que um dos nossos simbolos máximos enquanto pátria seja, desta ou doutra qualquer maneira, tão maltratado.
Compreendo a revolta das pessoas (eu também a sinto), mas existem outras formas de a manifestar. E note(m) que eu gosto imenso de trocadilhos...))

PS- Como é lógico, isto é apenas um ponto de vista, uma opinião tão válida como qualquer outra...))

cs disse...

Salvador
eu n estive na tropa e não acho que esse fato seja uma mais valia. E sim, uma opinião e bem vinda :)