segunda-feira, 2 de abril de 2012

O tempo de um olá!


Penso que nos olhámos durante o tempo de um olá. Um olá que terá o tempo de um encontrar de almas, mesmo que de almas inventadas. Quando me invento o tempo é (forte) mas é só o tempo de um olá.
cs






2 comentários:

fj disse...

que post bonito!

esses curtos momentos ficam a saber bem durante tanto tempo que deixam de ser apenas momentos.

cs disse...

vc é uma ternura fj

bjinho
cs