sábado, 1 de outubro de 2011

Meia Noite em Paris, Woody Allen

.





Para mim é um ponto alto nacarreira de Allen. Para mim Paris do meu "imaginário" está ali. Para mim aquela época diz-me muito. Para mim porque o Cole Porter está ali. Para mim que amei o Gauguin e o Degas e o Lautrec. Para mim que aparece um Picasso como eu o imagino. Para mim porque o Hemingway e o Scott e o Buñuel partilharamo serão comigo.
Gosto desta forma desenhada do túnel do tempo, Golden Ages, estas ou outras. Gosto desta “alteridade” de quem representa Allen.

Para mim porque gosto da mesma música que Allen.

Enfim, um bom momento decinema, na minha modestíssima opinião J

6 comentários:

Maria Fonseca disse...

Já li coisas contraditórias e confesso que o penúltimo Allen me deixou com uma sensação de insatisfação muito grande. Mas depois de a ler decidi. Vou ver. :-)

cs disse...

Eu não percebo muito de cinema, mas a viagem no tempo, sempre, a associei ao cinema :)
Gostei deste Allen

mfc disse...

Um óptimo momento do W.A.
Gostei imenso do filme... e da tua apreciação crítica!

cs disse...

mfc

tb achei :)

via disse...

adoro paris, este paris, dos escritores e artistas, o cinema do Allen, tem esta coisa de dar vida aos nossos sonhos e fantasias, uma vida que só o cinema, mesmo pode dar. maravilhoso.

cs disse...

via

então tb gostou do filme, claro :))