domingo, 10 de julho de 2011

Verdades da cs (primeiras 6 de muitas..lá lá lá) - I

Não votei no PPC

Não gosto deste paradigma de desenvolvimento em que estamos enterrados até às orelhas mas odeio gente que manda bitaites e não dá soluções, assim como assim eu não as tenho

Não me estou a marimbar para o meu excesso de peso e sou uma frustrada porque não consigo fazer dieta (lá está , eu e o paradigma da imagem…)

Queixo-me para caraças com o meu peso e não consigo parar e fazer a inscrição no ginásio. O espaço até é agradável (outra vez, eu e a imagem de mim…)

Não digo alto mas aqui que ninguém nos ouve O MEU BLOGUE É FANTÁSTICO E ADORO QUE DEIXEM COMENTÁRIOSSSSS …” (lá está…..adoro que me adorem e ando com vontade de ter mais comentários daqueles muito queridos, muito elogiosos e blá blá..seus mudos…)

Adorava ter 55 kgs L (esta está directamente relacionada com duas das de cima, o que deve querer dizer qualquer coisinha)

[ressalvo que estou numa fase de escrever um projecto e não esestá a correr nada bem. Tenho 8 versões das duas primeiras páginas e cada vez que leio sei que não é por aqui. Estou com a sensação que não vou conseguir e cada vez que a orientadora manda mais um texto volto a ficar sem rumo L]

5 comentários:

Maria Fonseca disse...

Vendo bem, tudo se resume nas letras pequenas.
E eu estou em vias de enveredar pelo mesmo caminho. Ainda estou a tempo de dar a volta e virar para trás. Faço isso?

cs disse...

nãooooooooooooooo!!

AC disse...

Há verdades que trazemos connosco apontadas numa folha para não nos esquecermos delas. Na verdade não são verdades (oops!), são apenas chamadas de atenção. Uma "verdade" não pode ficar refém dum apontamento num simples papel...
(Gostei, sinceramente, da forma como lida com as pequenas coisas que mexem com o nosso dia a dia)

Bj

cs disse...

AC

lá está...já gosto muito de si. Está a ver, passa-me por aqui e pimba, logo um comentário, e elogioso.

Mulher de sorte a CS

:))) Bj

mfc disse...

Tu sabes que vais dar a volta ao texto... é apenas uma questão de tempo!
Quanto aos 55... hummm... não será só quereres também?!
Beijinhos!