terça-feira, 5 de abril de 2011

Nadar, Gaspard-Félix Tournachon

"A ingratidão da pintura recusando o menor dos lugares na exposição à fotografia, a qual tanto ela deve".1857



2 comentários:

mfc disse...

Completude, simbiose, entrepenetração...

cs disse...

É mesmo a raiva de Nadar com o seu amigo Baudelaire, quando este não consegue assumir a Fotografia, mesmo amando-a, como algo a ladear a Pintura. A Imagem fotográfica dava os seus primeiros passos.

AMO este Cartoon do Nadar