quinta-feira, 7 de abril de 2011

Desconhecido


não sei que faça
ás vezes a minha alma
teima em não ver a tua ausência.
.

3 comentários:

Bípede Falante disse...

Que bonito, que intenso, que complexo.
bjs

mfc disse...

Uma foto fantástica.... com umas palavras intensíssimas!

Anónimo disse...

sei como é!

obg.

marta