quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

24-02-2011

.




Debruçada nas falésias, olho as areias lisas, sonho gravar a tua imagem.
A rebentação das ondas assiste ao meu olhar renovando a minha saudade.

4 comentários:

mfc disse...

Ouvimos e sentimos cá dentro... no mesmo sítio onde nos fustigam as saudades!

mfc disse...

Ouvimos e sentimos cá dentro... no mesmo sítio onde nos fustigam as saudades!

Bartolomeu disse...

Gandá sonzáço!
Mazólha... não te chegues muito prá beirinha... é cas falésias andam falsas.
Bons voos nirvânicos!!!
;)

luis rosario disse...

É outra nirvana...simplesmente música :)