sábado, 29 de maio de 2010

Banco Alimentar

.
.
.
«Os portugueses precisam de sinais e momentos de esperança. É preciso acreditar que por mais pequena que seja a ajuda, pode e fará a diferença», afirma Isabel Jonet, apelando à solidariedade da população.
Sabendo que se trata de um período difícil, a responsável prefere não avançar com previsões sobre a quantidade de alimentos que serão angariados. Porém, afirma que a «campanha conta com mais de 28 mil voluntários, o que já é um sinal bastante positivo».
A presidente do Banco Alimentar explica que a campanha vai decorrer nos moldes tradicionais entre os dias de 29 e 30 de Maio: «os voluntários dos Bancos Alimentares Contra a Fome solicitam a participação do público à entrada dos estabelecimentos comerciais. Para participar, basta aceitar um saco do Banco Alimentar e nele colocar bens alimentares para partilhar com quem mais precisa. São privilegiados os produtos não perecíveis, tais como leite, conservas, azeite, açúcar, farinha, bolachas, massas, óleo, entre outros».


http://sol.sapo.pt/Solidariedade/Noticias/Interior.aspx?content_id=174192

.
.
.

Sem comentários: